Eufaula , uma pequena cidade no interior do Alabama, uma população de um pouco mais de 13 mil habitantes. Como em todas as cidades pequenas as fofocas sobre todos correm soltas em Eufaula, existe um rol de mal- falados na cidade que vivem sobre intrigas dos vizinhos que desaprovam cada atitude destes. Em um lugar onde todos se conhecem não se é permitido cometer grandes deslizes, afinal ninguém gosta de estar na boca do povo, correto?
Lexie
Admin
Perfil [#] MP
Julliet
Narrador
Perfil [#] MP
o fórum está oficialmente aberto!Divirtam-se, podem começar suas postagens e aguardem as surpresas que Eufaula trará para seus cidadãos.
Sweet Home Alabam by Jullietkingsley on Grooveshark
:: Topsites Zonkos - [Zks] :: Golden AfternoonRPG Jogos Vorazes
Para parcerias contate a staff e adicione nosso bottom ao seu fórum.
Código:
<a href="http://sweethomealabama.forumeiros.com/" target="_blank" alt="Sweet Home Alabama"><img src="http://i.imgur.com/GuIwh9a.gif" /></a>
A skin é propiedade de Sweet Dandelion, que o disponibilizou para o fórum. Tramas e cannons criados por Lexiel Lidel e Julliet Mitchel. Todos os direitos reservados. O Plágio é crime previsto no Código Penal Brasileiro e sujeito a prisão ou multa.

Grimm, Paul

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Grimm, Paul

Mensagem por Paul Grimm em Dom Jul 28, 2013 1:10 am

Relembrando a primeira mensagem :


Modelo de Ficha

Idade
22 anos

Como ficou sabendo do fórum?
Surtos da Vivs.

Apelido
Nenhum.

Grupo
Civil.

Rank
Mal Falado.

{Seu Corpo}
Descrição Física
- Paul era razoavelmente alto, não sabia o quanto, mas tinha noção disso. Quando pequeno, sempre fora o alto e magricela da turma, agora, isso tinha mudado um pouco. Foi uma mudança necessária há alguns anos, a sua frequência nas aulas de boxe mostrava isso, e obviamente a vida na fazenda não dava muitas opções senão se fortalecer.
O cabelo liso e meio aloirado costumava ser um pouco grande, chegando a cair irritantemente na frente de seus olhos azuis o tempo todo, no entanto, seu corte atual é bem curto e de certa forma espetado.  Tudo pela praticidade. Já a barba, na maior parte das vezes a deixava por fazer. Não tinha muita paciência para os cortes que sempre deixava espalhados pelo rosto.

{Personalidade}

No ponto de vista de qualquer um que acabasse de conhecer o Grimm, ele era um cara antipático, fechado e desconfortavelmente misterioso. Enquanto todos da banda costumavam ser simpáticos e extremamente agitados, ele já ficava mais no seu canto observando as coisas enquanto fumava seu cigarro e bebericava a cerveja. Por isso, todos sempre tinham essa ideia do homem, quando na verdade Paul simplesmente era um cara extremamente fechado para qualquer um que não conhecesse muito bem. Problemas de confiança, todos temos, Paul tinha em excesso.
Já os seus conhecidos sabiam o quanto que Paul era gente boa, um cara atencioso com a família e com os amigos. Tinha lá os seus segredos, e o sarcasmo também fazia parte do pacote, era verdade, mas os boatos sempre continuavam por aí e ele nunca fez nada para desmenti-los.
A verdade era que Paul era um cara como qualquer outro, mas perto dos amigos ele parecia ser praticamente um crente, de tão errados que os caras da Black Box eram.


{História}
Se você quer ter uma história em Eufaula, então tenha certeza que essa história será pública. É quase uma lei de toda cidade pequena. Todo mundo conhece todo mundo, boatos e fofocas recorrentes são o cotidiano dos habitantes da pequena cidade no interior. E Paul Grimm sempre odiou Eufaula. Talvez não fosse culpa da cidade em si, mas sim da maior parte de seus moradores hipócritas, e desde pequeno Paul parecia ter essa convicção de que não existia pior lugar para se morar. O problema é que também não existia outro.
A família dele sempre fora humilde e tradicional, morando numa fazenda afastada do centro comercial da cidade, tentando se ajeitar na vida com várias bocas para alimentar do melhor jeito possível. Não que passassem por necessidades, longe disso, viviam uma vida boa até, mas como era o caçula da família de três irmãos mais velhos, Paul obviamente era uma reciclagem de artefatos antigos ambulantes. Uma blusa de um irmão ali, o tênis de outro, e assim era a vida dele. O problema era que Paul era um garoto alto para a idade e magricela, quando seus irmãos já eram mais corpulentos devido ao trabalho na fazenda e a injusta genética, e o resultado eram roupas desgastadas, largas e de vez em quando até mesmo curtas. Como se ele já não sofresse bullying o suficiente.
Sempre que chegava com um olho roxo e alguns outros cortes e hematomas em casa era a mesma história: o pai mandando ele parar de se envolver em brigas e a mãe ameaçando contar a verdade para o pai. E isso era tudo o que Paul não queria. Gregory Grimm era bom pai, sem dúvidas, mas também era um homem muito rígido e tudo o que ele queria fazer era orgulhar o pai. Era o que toda criança queria, e o caçula não era uma exceção à regra. A mãe já era uma mulher mais delicada, cheia de filosofias sobre a vida para qualquer situação, e Paul passava horas escutando Megan e pensando sobre como sobreviveria naquela cidade sem a mãe por perto.
Pelo menos, era o que ele pensava. Um dia desses qualquer, Paul voltava da escola correndo com alguns garotos logo em seu encalço, esperando um passo em falso para espancarem o Grimm. Por isso Paul corria como nunca, era só chegar perto de casa que os garotos desistiam e davam meia-volta, e como o garoto rezava por isso. Entrou em casa sem nem ao menos bater na porta, correndo para encontrar a mãe. Teria sido mais fácil não ter feito isso. Encontrou a mãe com o seu professor de química, os dois completamente nus, jogados no sofá da sala. As cenas que se seguiram não foram bonitas. O garoto tinha muita raiva presa dentro de si, e isso era um fato. Mas ao ver o seu professor mesquinho de química que parecia ter uma implicância específica com ele desde sempre fodendo a sua mãe, ele explodiu. O cara nem teve chances de se explicar.
As horas que se seguiram foram passadas na delegacia, já que sua mãe fizera o favor de chamar a polícia. O delegado o questionara por um bom tempo sobre o porquê de tudo aquilo, mas Paul não abriu a boca para emitir sequer um som, apenas encarou Megan como se esperasse a sua resposta sair da boca dela. Como um garotinho indo ao médico, e quando o doutor perguntava o que tinha de errado, Paul não dizia nada, apenas encarava a mãe e ela saía falando. Era isso o que ele esperava, uma representação. Mas a mãe não dissera nada, apenas o encarou de volta com os olhos cheios de lágrimas. Aquilo já estava ficando ridículo. Lembrava-se do delegado ter suspirado impacientemente e mandá-lo para uma cela qualquer sem qualquer tipo de promessa. Sua mãe escolhera manter seu nome longe dos boatos a limpar a ficha do filho.
Ali conhecera Mike, o primeiro grande amigo que fizera, um dos poucos em que confiava. Quando algumas horas depois um policial chegara junto com a juíza local para liberar Mike, ele demandara com um ar imponente para que também o soltasse. E assim, juntos saíram da cadeia, e Paul nunca mais voltou para lá, apesar dos frequentes esforços de Mike.
Depois disso, Paul recusou-se a falar com a mãe novamente, ressentido e com a confiança desestruturada, nem sequer voltou a olhar para a mãe. Não fora muito difícil, já que a mulher se separara de seu pai sem muitas explicações e se mandara dali, para alguns anos depois se casar com um engomadinho qualquer e ter algumas crianças. Paul sentia nojo da mãe.





Última edição por Paul Grimm em Dom Jul 28, 2013 8:56 pm, editado 3 vez(es)

_________________
I can't explain any of these thoughts racing through my brain but it's true: baby I'm Howlin' for you. |♪|

avatar
Paul Grimm
Mal Falados
Mal Falados

Mensagens : 66
Data de inscrição : 27/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Grimm, Paul

Mensagem por Iann Denver em Ter Jul 30, 2013 1:35 pm

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

DIGNO

_________________

ARM YOURSELF

I'M THE DOCTOR AND THIS IS THE ONLY WAY OF FIGHT WHICH DESERVE OUR EFFORT AND THEIR APPLAUSE
By ∑Θ

avatar
Iann Denver
Mal Falados
Mal Falados

Mensagens : 31
Data de inscrição : 27/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grimm, Paul

Mensagem por Abigail Howard em Ter Jul 30, 2013 6:12 pm

eu procurei um mas não achei.
mas eram duas meninas conversando, dai chegava uma terceira e emburrava as duas pra passar no meio delas, é mais top, mas née ;/

_________________

Abigail Howard
—Male
avatar
Abigail Howard
High School
High School

Mensagens : 70
Data de inscrição : 27/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grimm, Paul

Mensagem por Oliver Fitzpatrick em Ter Jul 30, 2013 6:30 pm

UIAHSIUAHSIUAHSHAIUSHIAUSHIAHSIUAHSIUAHISUHA
Palmas pra essa terceira

_________________

You sure are looking good
You're everything a big bad wolf could want Little red riding hood I don't think little big girls  should Go walking in these spooky old woods alone
avatar
Oliver Fitzpatrick
Mal Falados
Mal Falados

Mensagens : 174
Data de inscrição : 26/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grimm, Paul

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum