Eufaula , uma pequena cidade no interior do Alabama, uma população de um pouco mais de 13 mil habitantes. Como em todas as cidades pequenas as fofocas sobre todos correm soltas em Eufaula, existe um rol de mal- falados na cidade que vivem sobre intrigas dos vizinhos que desaprovam cada atitude destes. Em um lugar onde todos se conhecem não se é permitido cometer grandes deslizes, afinal ninguém gosta de estar na boca do povo, correto?
Lexie
Admin
Perfil [#] MP
Julliet
Narrador
Perfil [#] MP
o fórum está oficialmente aberto!Divirtam-se, podem começar suas postagens e aguardem as surpresas que Eufaula trará para seus cidadãos.
Sweet Home Alabam by Jullietkingsley on Grooveshark
:: Topsites Zonkos - [Zks] :: Golden AfternoonRPG Jogos Vorazes
Para parcerias contate a staff e adicione nosso bottom ao seu fórum.
Código:
<a href="http://sweethomealabama.forumeiros.com/" target="_blank" alt="Sweet Home Alabama"><img src="http://i.imgur.com/GuIwh9a.gif" /></a>
A skin é propiedade de Sweet Dandelion, que o disponibilizou para o fórum. Tramas e cannons criados por Lexiel Lidel e Julliet Mitchel. Todos os direitos reservados. O Plágio é crime previsto no Código Penal Brasileiro e sujeito a prisão ou multa.

Pierrotti, Rebecca

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pierrotti, Rebecca

Mensagem por Rebecca Pierrotti em Sex Jul 26, 2013 1:24 am

Relembrando a primeira mensagem :


Rebecca Pierrotti

Idade
18 anos

Como ficou sabendo do fórum?
Bandida <3

Apelido
R, Becca, Becks.

Grupo
Estudante (grupie da banda The BlackBox).

Rank
High School.

{Seu Corpo}
Descrição Física

Alta, com uma estatura perfeita, dona de um rosto com traços finos e pele tão branca quanto o leite, suave e brilhante. Possui um longo cabelo loiro claro, e ainda assim gosta de tingi-lo, a fim de ter uma cor ainda mais clara. Olhos grandes e muito azuis, sempre estão maquiados, geralmente com alguma sombra preta no dia a dia e a noite, enfeita-se de acordo com a roupa. Nariz arrebitado, lábios cheios.

{Personalidade}

É a garota revoltada da cidade, os frequentadores assíduos da Igreja ate mesmo fazem o sinal da cruz quando Rebecca dizendo, dizendo que a jovem se perdeu, que está no mal caminho e outros até mesmo chegam a dizer que ela está possuída por algum espírito maligno. Sim, alguns dizem que o demônio usa o corpo da menina e por isso ela é tão vulgar, sem papas na língua e revoltada. A garota acho isso tudo muito ridículo, é claro e ate mesmo se diverte os ouvindo. Mas veja bem, ela é assim porque quer, ela tornou-se essa garota azeda e difícil de se lidar depois que sua mãe foi embora, deixando-a ali. Ela era apenas mais uma garota interiorana que achava extremamente chato e tediante a vida que tinha, mas ela era uma criança e achava que isso ia passar, que tudo ia melhor quando ela crescesse. Ela nunca imaginou como estava enganada. E desde o dia da partida de sua mãe, o que a jovem mais quer é ir embora daquele buraco.

{História}

As pessoas em Eufaula adoram julgar as atitudes de Rebecca, mas parecem fingir que não conhecem a história da garota.
Veja só, tudo estava indo muitíssimo bem em sua infância. Tinha uma mãe e um pai que se amavam, que tinham uma boa relação e tudo ia sempre tão bem com eles, tudo parecia sempre tão certo e sem problema algum. Então algo tão lindo aconteceu: sua mãe estava grávida e Rebecca estava extremamente ansiosa para ter um irmãozinho ou irmãzinha. Não via a hora de ter um bebêzinho para ajudar a cuidar. Poder ajudar com os banhos, passar talco, escolher roupinhas, contar histórias, brincar, ensinar a ler e a escrever...
Era como se fosse um sonho. Um grande e lindo sonho tornando-se realidade bem ali na sua frente. Então Maisy nasceu e Rebecca quase explodiu de felicidade; tinha apenas dez anos quando ganhou sua irmãzinha. Maisy parecia tanto consigo; o mesmo cabelo e olhos claros. Todos em casa estavam em festa até que chegou o 41º dia de vida de sua irmã.
Rebecca havia acordado e logo pulara na cama, amava ajudar a mãe com Maisy, até porque sua mãe não podia fazer esforço algum devido o parto. Becca não notou nada de estranho no início. Passou pela casa procurando sua mãe mas não a achou, a única coisa que ela achou foi seu pai olhando para a sua mais nova filha e com lágrimas nos olhos.
"Papai?" Rebecca perguntara, sem entender o que estava acontecendo; o homem virou-se para ela e a garotinha viu com pesar a situação de seu pai. "Papai, onde está a mamãe? Maisy precisa comer." Foi então que seu pai não conseguiu mais controlar as lágrimas. Caiu de joelhos no chão, desesperado, desamparado, desiludido e sem perspectiva para mais nada em sua vida. Havia sido abandonado pela mulher que amava, com quem havia se casado e construído uma família.
Ao ver tanta dor refletida no rosto de seu pai, Rebecca compreendeu. Compreendeu o que havia acontecido ali e chorou junto com o homem. Chorou de raiva, por sua mãe ter feito isso com sua família, chorou de tristeza por si mesma, por sua irmã e por seu pai, por terem perdido alguém que tanto amavam.
Desde então ela não chorou mais. Prometeu a si mesma que não iria chorar, que lágrimas não valiam a pena, até porque as pessoas que a amavam e que ela amava, não a fariam sofrer. Porque quando alguém te ama, te ama de verdade, essa pessoa é capaz de tudo para te ver e nunca, jamais a faria sofrer.
Aos poucos foi crescendo e tornando-se uma adolescente revoltada, irritada, estressada, de difícil convivência. Seus olhos azuis pareciam até ter ficado mais gélidos a fim de mostrar a frieza da garota. Deixou os cabelos que já eram loiros crescerem e então os descoloriu. Passo a usar uma forte maquiagem mesmo durante o dia e por mais que com uma certa idade passou a compreender o motivo da partida de sua mãe - aqueles moradores de Eufaula, como amam falar da vida dos outros, criticar, condenar e colocar defeitos irrita qualquer um - Rebecca nunca a perdoará.
Sua mãe poderia muito bem ter esperado suas filhas estarem mais velhas, principalmente Maisy, poderia ter conversado com os tres, filhas e marido, e comentado sobre sua vontade de ir embora. Se separado se não quisesse ser acompanhada pelo marido e ter avisado para eles, chamado as filhas, caso alguma quisesse acompanhá-la.
E isso tornou o seu sonho: sair daquela cidade que arruinou a sua vida. Contudo, ela tem motivos que a prendem ali. Seu pai, porque não quer que ele perca mais uma pessoa. Sua irmã, por quem tanto luta e tenta fazer de tudo para que Maisy curta o máximo a sua infância e não tenha que amadurecer fora de época. E é claro, suas amigas, Abby, Audrey e Georgie.
Embora sua sintonia com Abby seja extremamente forte, foi com Georgie que ela fez uma tatuagem. Ambas compartilham da mesma vontade de ir para bem longe de Eufaula e nunca mais pisar nessa cidadezinha de quinta, este lugar que acabou com sua infância. Seus sonhos. A medida que sua amiga tatuou gaviotas, representando sua vontade de voar para longe dali, Rebecca tatuou notas musicais em seu antebraço. A loira ama Música, ama cantar e seu maior sonho é virar uma cantora e ir para Los Angeles, porque é claro, seu segundo maior sonho (ao menos enquanto não vira uma cantora) é ter Iann Denver todo para si.
Após essa tatuagem, Becca percebeu o quanto tatuagens e piercings a atraiam e movida por esse desejo, ela furou ambos os mamilos e a língua. As únicas que sabem disso são suas amigas, já que ninguém consegue ver o que Rebecca carrega para cima e para baixo em seu corpo, já que fogem dela como o diabo foge da cruz.





Última edição por Rebecca Pierrotti em Sab Jul 27, 2013 1:47 am, editado 2 vez(es)

_________________
Only You

Oh boy, have you seen my heart? It’s beating so loud, I’m falling apart and only you can bring me back to life. Only you can put me into right
—jaybird.
avatar
Rebecca Pierrotti
High School
High School

Mensagens : 215
Data de inscrição : 13/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Pierrotti, Rebecca

Mensagem por James Speckhart em Dom Jul 28, 2013 7:11 pm

Nay amante de todas SUIAHSAHUIUASHUISA

_________________
avatar
James Speckhart
Voltando à Cidade
Voltando à Cidade

Mensagens : 32
Data de inscrição : 27/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pierrotti, Rebecca

Mensagem por Georgina Stark em Dom Jul 28, 2013 7:34 pm

sempre AUIHSIUASHIUAHSUAHIUHAISUAS

_________________

And I can't help myself All I wanna hear him say is "R U MINE?" -<3

avatar
Georgina Stark
High School
High School

Mensagens : 302
Data de inscrição : 11/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pierrotti, Rebecca

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum